“Um triângulo com um vértice para cima, sobreposto num triângulo com um vértice para baixo, com um sol nascente e uma suástica no seu interior.

Estes são os símbolos de energia, conhecimento, progresso e vitória permanente respectivamente.”

(fonte: Carya’carya’ Parte 1)

O pratiik (símbolo) é a representação visual da ideologia e modo de vida da Ánanda Márga.

O triângulo que aponta para cima simboliza acção (energia) no mundo externo. O triângulo que aponta para baixo simboliza desenvolvimento interno ou conhecimento. Os dois triângulos estão em equilíbrio para indicar o equilíbrio a que devemos aspirar na vida individual e colectiva – um equilíbrio entre acção extroversiva (mundana) e prática introversiva espiritual.

O sol nascente simboliza o desenvolvimento da devoção, e consequente progresso ao longo do caminho espiritual.

A suástica simboliza perfeição. Svastika é uma palavra em sânscrito que significa “boa existência” (su

significa “bom” e astika “existir em”). A suástica é um símbolo de vitória espiritual permanente.

Então visto como um todo o pratiik significa que pela combinação da acção e conhecimento vamos progredir para a perfeição e atingir vitória permanente.

Quando usado no corpo, simboliza também estar em proximidade com o Guru.