Todas as nossas actividades produzem calor no corpo e indirectamente, afectam a mente. Assim, antes de todas as actividades que requerem concentração ou tranquilidade – como meditar, comer, dormir etc. – é aconselhável refrescar o corpo com um meio banho. Este método consiste em refrescar partes específicas do corpo, para que o sangue arrefecido se espalhe rapidamente por todo o corpo.

O meio-banho é feito da seguinte forma:

  • molha-se a região do órgão sexual, do umbigo para baixo e nas costas nessa mesma zona;
  • molham-se as pernas, do joelho para baixo, e os braços, do cotovelo para baixo;
  • enche-se a boca com água, e atira-se com a mão água para os olhos (abertos), pelo menos 12 vezes, cuspindo a água de seguida;
  • faz-se uma limpesa nasal da seguinte forma: enche-se uma mão (ou as duas) com água, enconstando-a abaixo do nariz, com a cabeça baixada. Depois, levanta-se a cabeça, deixando a água escorrer suavemente pelas narinas, até que saia pela boca. (Atenção: deve-se evitar assoar o nariz em seguida, pois a água pode-se espalhar na região do ouvido, causando desconforto);
  • coloca-se o dedo médio da mão direita no fundo da garganta, para expelir o muco acumulado
  • refresca-se a zona atrás das orelhas e do pescoço e, por fim, a face.

Tudo isto deve ser feito com água fria. Com o tempo frio pode-se usar água ligeiramente aquecida, mas nunca superior à temperatura do corpo.

A água nos olhos é uma prática bastante importante, pois evita alguns problemas de vista causados pelo calor, como as cataratas, além de baixar a tensão ocular e aliviar as dores de cabeça.

O meio-banho é aconselhado antes da meditação, das refeições, posturas de yoga, dormir e qualquer actividade que exija concentração (como estudar, ler um livro, assistir a uma aula).

Se fizermos meio-banho e meditarmos um pouco antes de dormir, teremos sempre um sono tranquilo.